13.4.09

Domingo de Páscoa

O Domingo de Páscoa foi, mais uma vez e como manda a tradição, celebrado em família.
A famelga reuniu-se toda na casa da titia e foi só converseta da boa, muita risada, muita "peixarada" qual família siciliana e até tivémos cinema caseiro! Eu, mamãe, titia, mana e Xaloca, já em rocha, sentadas de sofázaca a derreter corações a ver o "Diário da nossa paixão". Devo dizer que o filme é lindo, com uma história muito bonita e um romance daqueles mesmo de ficar com a lágrima no canto do olho!
A nossa almoçarada que se trasformou em jantarada, pois a titia queria despachar aquela comezaina toda pois não estava para almoçar e jantar durante esta semana os restos "pascoais"!
Para abrir o apetite, e como é tradição no domingo de páscoa, pelos menos aqui nos Algarves, iniciámos a santa refeição :) com uns Griséus (para quem não é algarvio o griséu é o nome que se dá a famosinha ervilha) com ovos, toucinho e chouriça (e eis que aqui começa uma animada discussão que durou até ao final do almoço. O avô Zé a imbirrar porque é que a minha avó não tinha colocado a chouriça preta...)
Este típico prato foi confeccionado pela minha avó Lala que é uma cozinheira de mão cheia em comidinhas tradicionais!


Logo de seguida e sem dar tempo de fazer a digestão do primeiro prato, eis que surge o famoso borrego com batatinhas que estava uma perfeita delícia!!!
Esta comezaina foi confeccionada pela titia e o borreguito veio de terras alentejanas, mais propriamente de Grândola!




Para desenjoar tanta comidinha da boa, surge a famosa salada de fruta que também foi feita pela abuelita e estava de se lamber os dedinhos!




O famoso arroz doce e tão apreciado aqui pela menina, também fez parte desta mesa pascoal! A Nana aprumou-se neste arroz doce que veio expressamente de Grândola rumo a esta mesa algarvia ( e o qual a titia se encarregou de colocar num recipiente aqui para a menina, pois sabe que a sobrinha se lambuza por esta iguaria!).





Não faltou o famoso folar. Este folar não é algarvio mas sim alentejano. De cor, sabor, forma e consistência diferente do nosso folar algarvio, mas igualmente delicioso!




Outras variedades de folar também deram o ar da sua graça nesta farta mesa (venha mais comida, fónix já deitava comida pelos olhos!!!). O folar folhado com mel e o folar folhado com mel e frutos secos. Este último era de lamber os dedos e chorar por mais!!!



Depois de tão opulento manjar seguiu-se os cafézinhos e os cigarritos fumados à sucapa por causa dos abuelitos!
Foi mais um Domingo de Páscoa passado em muito boa companhia e para o ano há mais!!!

4 comentários:

Patricia disse...

imbirrar??? ou embirrar???

*sara* disse...

Lol!
Tem razão!
Tás atenta sacana!

Patrícia disse...

Olá Sara pois eu já ouvi falar dessa dieta, apesar de eu achar que não me aguento só com sopa agradecia que me enviasses patriciacorreiateodoro@hotmail.com eu na gravidez nem engordei muito o pior foi na amamantação parecia que estava rota, impressionante o que eu comia! Um beijinho e obrigado pela visiyinha

Grão de Areia disse...

Ahahahahahahahahahah!
A única pessoa de quem escondo que fumo também da minha super avuelita! Acho que dormia mais se soubesse, tadita!

Nice Easter table!

;)